Facebook Popup Widget



   Artigos

 Dicas de Poker no facebook Dicas de Poker no Twitter Clube Dicas de Poker

17/05/2008


Eliminando Oponentes nos Torneios


Quando devemos tentar eliminar os oponentes short stacked? Inevitavelmente devemos fazer isso no decorrer do torneio, mas em quais circunstâncias?


Quando jogamos em um torneio, cada vez que um jogador é eliminado, todos os restantes são beneficiados. É menos um adversário para se preocupar, e chegamos mais perto do dinheiro (ou, se você já está ITM, aumenta a sua premiação). Sendo assim, há um grande incentivo para eliminar os short stacks quando temos esta oportunidade. Muitos jogadores também o incentivam a fazer isso. Vejamos aqui um exemplo:

Você está no big blind e todos dão fold até o cut-off (ele está short stacked com apenas 4.600 fichas). Os blinds estão $800-1600 com $100 de antes. Neste momento, ele entra de all-in e todos dão fold até você, que tem 14.000 em fichas. Custa mais 3.000 para dar call, você tem J4 (com certeza não é um monstro), e sabe que o short stack poderia entrar de all-in com qualquer coisa, desde um AA até um 67 off suit. Será que vale a pena pagar?

Esta resposta depende de muitas coisas. Por exemplo, se você está num single-table restando apenas três jogadores (incluindo você) e os três primeiros são pagos, aí certamente vale a pena dar call. Você já está ITM e quer ganhar um prêmio maior e, se você der fold, deixará com que o short stack fique mais vivo no jogo. Agora, se você está num super multi-table com vários jogadores restantes, talvez não seja uma boa idéia dar esse call. O seu call corresponde a um pouco mais de 20% do seu stack e você ainda corre o sério risco de dobrar as fichas do short stack.

Nestas horas, tenha em mente que não é sua obrigação eliminar os short stacks. Os outros jogadores tendem a criticá-lo por não dar o call, isto porque eles, logicamente, se beneficiarão com a eliminação de um oponente. Não faça nenhuma jogada ruim apenas porque os outros estão pressionando. Nós adoramos quando estamos nas mesas finais e vemos all-ins sendo pagos por alguém, pois nós subimos um degrau na premiação quando o oponente é eliminado sem que tenhamos que fazer força alguma.

Quando um jogador fica short stacked na mesa, ele estará propenso a fazer um "move" a qualquer momento e com quaisquer tipos de mãos razoáveis (ou nem tão razoáveis assim, dependendo do nível de desespero dele). O seu objetivo aqui é tentar isolar este oponente quando possuir uma boa mão (não necessariamente um monstro, mas uma mão decente).

Nós realmente queremos as fichas dele. Se o short stack dá um mini-raise e todos dão fold até você com KJ, dê um re-raise para colocá-lo all-in. Se ele entrar all-in antes, pague com qualquer par ou quaisquer cartas figuradas (AJ, QJ, KJ, etc), desde que fique heads-up com ele. Não tente pagar com qualquer trash hand apenas para eliminá-lo.

Nos estágios finais do torneio, você estará mais propenso a pagar o short stack com trash hands, pois a eliminação do oponente significa maior premiação. Nesta situação, considere a possibilidade de perder a mão e, se acontecer isso, como você e o short stack ficarão. Se, mesmo depois que o short stack dobrar as fichas, você ainda ficar com mais fichas que ele, certamente pode valer a pena esse call. Mas, é claro, sempre analise bem a sua situação no torneio e decida a melhor forma de jogar de acordo com as suas convicções e experiência adquirida.




Gostou do artigo? Deixe seu comentário e compartilhe com seus amigos.