Facebook Popup Widget



   Artigos

 Dicas de Poker no facebook Dicas de Poker no Twitter Clube Dicas de Poker

08/01/2011


O importante é o básico
(por Roy Cooke)


Não há truques no jogo.


Um jovem jogador me abordou recentemente. Homem solteiro, na faixa dos 20 anos, ele vinha se dando mal e queria um conselho que o ajudasse a melhorar seu jogo para a World Series of Poker, que começaria em breve em Vegas. Como tantas pessoas que vêm até mim, ele estava em busca de algum truque que o transformasse em um grande vencedor.

Eu disse a ele que não havia truques. O poker é como qualquer outra carreira. Aprender seu negócio e continuar estudando são coisas importantes. Trabalho duro é importante. Consistência é importante. Eis algumas sugestões:



1. Trace uma meta daquilo que você deseja alcançar.

Seja realista. Se você é um jogador mediano de no-limit hold'em de $2-$5 e quer ser capaz de ganhar na $5-$10 em um ano, comprometa-se com essa meta. Dê um passo de cada vez e não tenha pressa. Se você tiver a habilidade de alcançar seu objetivo, vai chegar lá. Eu já vi muitos jogadores capazes caírem feio ao se forçar demais, com muita pressa. Use o tempo e esforço para melhorar seu jogo tanto na mesa quanto fora dela.



2. Comprometa-se em manter a disciplina o tempo inteiro.

Nunca jogue uma mão por raiva ou vingança. Controle-se emocionalmente. Não pague uma aposta por reflexo quando souber que está derrotado. Não perca seu foco ou fique mentalmente distraído de modo a jogar uma mão com imprudência. Dê a cada mão e a cada sessão que você jogar o seu melhor esforço!



3. Nunca desista.

E eu não quero dizer nunca desista de uma mão perdedora; em vez disso, sempre lute nas mesas em que você estiver jogando e seja persistente na busca de suas metas. Meu amigo Jade Lane, que era Guarda do Exército, não desiste nunca. Uma hora após o início de seu turno ou 10 horas depois, ele não esmaece. Essa fortaleza mental tem muito valor. Se seus recursos de força mental estiverem se esvaindo, vá para casa e volte quando estiver rejuvenescido.



4. Estude o jogo.

Leia os livros e use os sites de informações sobre poker. Arranje um parceiro com o qual estudar e dividir o jogo. O poker é tanto uma arte quanto uma ciência, requerendo muito de conhecimento e habilidades competitivas para se ser bem-sucedido. As informações estão disponíveis, então as utilize. Muitos de seus oponentes fazem isso!



5. Aceite o fato de que o poker é um jogo de longo prazo e que seu objetivo primário é colocar seu dinheiro e conseguir a maior vantagem que puder.

Não fique emocionalmente envolvido com seus resultados. Ficar muito convencido quando está se dando bem ou ficar muito cabisbaixo quando estiver indo mal faz com que você cometa erros emocionais. O poker é um jogo tanto de sorte quando de habilidade; seus resultados de curto prazo serão altamente afetados pela sorte, e seus resultados de longo prazo serão determinados por quão bem você jogar. Use sua energia mental para se concentrar naquilo que você pode controlar: jogar bem!



6. Jogue em mesas que estejam dentro de seus limites de habilidade para vencer.

Seja realista ao analisar tanto suas habilidades quanto as de seus oponentes. O "Princípio de Peter" do poker, chegar a seu nível de incompetência, é uma fraqueza que eu vejo em muitos jogadores. Muito sedentos para subir para jogos maiores, os jogadores se colocam em situações em que, na melhor das hipóteses, podem "jogar com" seus oponentes, e, na pior delas, são dominados por eles. Ser capaz de "jogar com" seus oponentes significa que você vai perder para o rake. Ser dominado por eles significa que você vai perder suas calças. Não ache que, só porque você vê um ou dois jogadores fracos jogando mal, isso automaticamente lhe dá a melhor mão: tenha uma visão holística e analise a mesa inteira!



7. Aprenda os conceitos do poker e os utilize em seu raciocínio de poker.

Não busque apenas aprender estratégia como uma rota. Sim, ela requer um raciocínio mais profundo, mas você se coloca no caminho certo ao levar seu jogo a um nível bem mais alto. Quando você compreende o jogo conceitualmente, torna-se capaz de pegar situações pouco ortodoxas, analisá-las e tomar as decisões corretas. Compreender os conceitos do poker chega mesmo a tornar o jogo mais fácil, pois você pode pegar qualquer situação e por dedução chegar à jogada correta. Aqueles que tentam aprender uma estratégia de "se acontecer isso, então eu faço aquilo" acabam com informações demais para memorizar e desenvolvem um jogo mais básico. Além disso, eles tendem a cometer erros quando a situação atual sai dos padrões "normais". E eles são absurdamente fáceis de ler.



8. Não seja condescendente com seus oponentes.

Jogue com classe. Se um oponente fizer uma jogada ruim contra você, é uma coisa boa. Não dê sermão ou intimide oponentes de modo que eles não cometam o mesmo erro novamente. O que você ganha com isso? Fazer com que eles joguem melhor? Fazer com eles vão embora? Pessoalmente, é algo feio de se fazer; profissionalmente, é contraproducente. É a pior jogada do poker, e o idiota é você!


9. Ao observar seus oponentes, tente descobrir as fraquezas deles e que jogadas vão funcionar melhor para tirar proveito dessas fraquezas.

O poker é um jogo de pessoas. Descubra as tendências individuais dos oponentes; pense em como você pode jogar melhor contra tais tendências. Quando você faz as diferentes jogadas corretas em situações similares contra oponentes diferentes, você está no caminho certo para desenvolver o "feeling" do poker, que vai levar seu jogo para o nível seguinte.



10. Compute seu preço em todas as jogadas.

É importante adquirir intuição e fazer jogadas pelo preço correto. Sim, envolve aprender alguma matemática, mas isso não vai lhe matar! A matemática é um componente fundamental do poker (embora não seja tão importante quanto suas habilidades com as pessoas), e seu jogo de poker vai se dar bem ao aprender as habilidades matemáticas que se aplicam ao poker.



Não há truques no jogo. O que separa os vencedores dos perdedores é que eles compreendem isso, e fazem o que for preciso — todos os dias.


Artigo de Roy Cooke, publicado na revista Card Player Brasil Ano 3, N°. 24.




Gostou do artigo? Deixe seu comentário e compartilhe com seus amigos.