Facebook Popup Widget



   Artigos

 Dicas de Poker no facebook Dicas de Poker no Twitter Clube Dicas de Poker

06/07/2014


Uma mão que não se pode largar
(por Marcelo Martins)


Olá, meus amigos!

Estou há tanto tempo sem escrever aqui que devo até ter perdido o jeito!

Espero ser mais assíduo a partir de agora, pois, como muitos que me conhecem já sabem, terminei o curso de Direito e terei um pouco mais de tempo para me dedicar ao poker.

Aproveitando que hoje teremos um freeroll patrocinado por nosso amigo Maurício "moriondleon" Oltman em nosso Clube de Poker, falarei de uma mão que joguei em nosso último encontro online.

Estamos no heads-up, SorrisoRS vs. BANGUPOKER, e me deparo com essa bela mão no botão: T 9.

Vejam o BOOM a seguir:


Como podem ver, eu estava com quase o dobro de fichas do adversário, blinds a 60/120-30, eu com aproximadamente 30BBs e ele com 17BBs.

Raise pre-flop no botão, call do vilão, e temos o maravilhoso flop: 5 Q T.

Tenho o segundo par, flush draw e ainda um sequência runner runner. Essa é a típica mão na qual eu quero colocar o máximo de fichas no flop.

Posso estar em alguma dessas situações:


a) estou vencendo a mão e o adversário não tem nada de nada;

b) estou vencendo e não quero deixar bater draws do adversário;

c) estou perdendo, mas tenho pelo menos 50% de chances até o river;

d) estou perdendo e sou underdog até o river, mas ainda vivo com os meus draws.


Ou seja, melhor que isso, só a nuts!

No flop, o check do vilão pode significar qualquer coisa, normalmente as hipóteses "a" ou "b". Segundo o Equilab, essas são as chances da minha mão contra os seguintes ranges:


-  VPIP 100% (mão aleatória)  =  Equity 82,72%

-  VPIP 75%  =  Equity 78,81%

-  VPIP 50%  =  Equity 75,60%

cbet é, quase sempre, a melhor jogada; e aqui não seria diferente, pois já ganho fichas importantes agora ou, caso tenha revide, há chances de vencer o torneio. Todavia, como visto, BANGUPOKER resolveu surpreender e voltar um check-raise all-in.

Conhecendo um pouco ele (mas mesmo que fosse um desconhecido), isso significa que a hipótese "a" está descartada, a não ser que ele seja maluco e blefador demais, ou tenha um draw de copas ou sequencia da vida (hipótese "b")!

Para "garantir", vamos imaginar que ele esteja entre as hipóteses "c" e "d", uma vez que se ele estiver no blefe ou num draw fraco não fará diferença em caso de um call nosso.

Na hipótese "c", os melhores exemplos (ou piores, em nosso ponto de vista, kkk) seriam aqueles em que temos um coin flip até o river. De acordo com a Calculadora de Odds, temos o seguinte:


9 T vs. Q J  =  44,24% vs. 55,76%

9T vs. Q 8  =  49,90% vs. 50,10%

9T vs. K Q  =  50,71% vs. 49,29%


Nada mal... ainda mais que temos 2.719 fichas no pote, e precisamos pagar apenas 1.589, ou seja, odds de 1,71:1 (36,88%).

Além disso, ele pode estar muito pior, como dito anteriormente: pode estar num draw fraco ou, quem sabe, num blefe desesperado! Para completar, podemos vencer o torneio agora mesmo!

Agora, a pior hipótese, "d". Apesar de estarmos perdendo e sermos underdog até o river, não é tão ruim quanto parece.



Vejamos o que a Calculadora de Odds nos diz:


9 T vs. 5 5  =  31,92% vs. 68,08%

9 T vs. Q T  =  35,76% vs. 64,24%

9 T vs. K J  =  36,77% vs. 63,23%


Vejam que, nas piores hipóteses, ainda temos aproximadamente 1/3 de chance de vitória, o que bate com as odds que precisaríamos para dar o call.

Considerando que as hipóteses exemplificadas são exemplos extremos de "má sorte" (vilão trincado no flop, dois pares top ou straight/flush draw maior do que o nosso), não temos como largar essa mão! Até porque devemos lembrar que ele, muitas vezes, não estará tão forte assim!

Sei que para muitos é um call óbvio, mas também sei que tem tanto jogador pessimista e que sempre acha que o adversário tem o nuts, que é necessário fazer tais digressões! Colocar no papel e estudar é sempre a melhor opção.

Como visto, até para o mais pessimista de todos, o call é matematicamente aceitável, senão correto! Quem pensar diferente, tem que jogar outro jogo!

Bom, e qual foi o resultado da parada? Não importa! O importante é ter analisado a jogada e decidido de acordo com as informações incompletas disponíveis. E isso é poker!

Mas, como temos o BOOM aqui, coloco as chances reais da jogada no flop:


9 T vs. Q 5  =  41,41% vs. 58,59%


Praticamente um coin flip... sqn kkk. Claro que eu não esperava ver dois pares na mão do BANGU, mas, paciência... assim é o nosso jogo favorito!

Meu amigo Euro "BANGUPOKER" Vieira acabou virando o jogo e levando a medalha de ouro! Parabéns por essa, mas teremos o troco em breve... kkk

Espero que tenham gostado dessa análise! Sempre que possível, procurarei trazer mais mãos para discutirmos... deixem seus comentários aqui ou acessem o fórum do Clube e/ou o grupo no Facebook.

Aos membros do Home Game no PS, vamos movimentar aquele Clube! Tá fraco esse pessoal, hein... kkk

Um grande abraço a todos,

Marcelo (SorrisoRS).




Gostou do artigo? Deixe seu comentário e compartilhe com seus amigos.