Facebook Popup Widget



   Artigos

 Dicas de Poker no facebook Dicas de Poker no Twitter Clube Dicas de Poker

10/08/2014


Dicionário muito louco de Poker
(por Marcelo Martins)


Fala, pessoal!

Quero compartilhar com vocês esse dicionário que encontrei na página do Garage Poker Team, de autoria do Marcelo "Rachacuca" Eira.

Aí vai... muito engraçado!!


All in – erro de digitação. Na verdade é Alin, antigo jogador asiático, que antes de ser jogador de poker cuidava de crianças. Não tendo sucesso como babá, entrou para uma gangue de desordeiros jogadores e passou a ser conhecido como Alin Babá e os quarenta Baralhões.

Bad Beat – Juntamente com techno e full house, o bad beat é um estilo de música eletrônica perfeita para se tocar em torneios de poker.

Call – reboque de parede.

Check – Em desuso atualmente por causa dos cartões de crédito e débito, mas que infelizmente as casas de poker insistem em dar para gente como pagamento do prêmio.

Chip leader – pastor de ovelhas.

Chop – bebida.

Cornfliper – Erroneamente chamada de Coinflip, é a pipoca do simpático golfinho da televisão.

Cut-off – Lugar que você manda o seu adversário (craque em Vai Q'bate) enfiar o 2 e 7 dele que vence o seu A e K naipado.

Deu odds – na verdade é uma contração de Deu ódius, que você fala quando, apesar de toda conta matemática sofisticada que você levou 5 minutos para fazer de cabeça e sem muita precisão para entrar num pote monstro, o adversário usando a tática do Vai Q'bate levou a melhor fazendo um flush de 2.

Estou comprometido com o Pot – expressão um tanto quanto homossexual que indica que você está namorando um cidadão potiguar.

Estrelado – tipo de ovo frito.

Floc – as três primeiras cartas que se abrem na mesa e são comunitárias. Também é marca de comida para cachorro.

Flush – Como todos sabem no inglês perfeito, se pronuncia "Fléshi" e não "Flãshi" e designa aquela ferramenta bacana que faz sites na internet cheios de animação.

Full house – estilo de música, ver Bad Beat.

Kicker – termo de futebol americano que sem razão foi trazido para o poker.

Loose – fábrica de carteiras emborrachadas, oriunda da separação da antiga Hang Loose, da década de 80, após uma briga entre os sócios numa mesa de Vai Q'bate.

River – na verdade, deveria ter o H antes, ou seja, Horriver e representa a última carta que foi virada e que dá a vitória ao seu adversário.

Outs – interjeição de dor. Usa-se quando você perde ou bate a canela na mesa.

Paguei para ver a racha – excelente jogador de Vai Q'bate que, após ganhar um torneio, torrou o seu prêmio pagando para ver aquelas barangas da Avenida São João dançando nas cabines e exibindo suas rachas.

Par naipado – tem duas definições: o sonho de todo jogador de Vai Q'bate ou morte, pois será difícil achar um otário que aceite duas cartas iguais no baralho.

Pedida para par – um excelente jogo. Vale todas as suas fichas, ainda mais se a pedida for para um par de 2 ou 3 e só faltar o River pela frente.

Queima e vira – frase que se diz para o dealer novato que ainda não sabe fazer o carteado. Cuidado! Não confundir e alterar os termos falando "Vira e queima", ainda mais se o dealer for o jogador que está "Comprometido com o pot".

Re-buy – outro erro de escrita, pois o correto é Ribeye. Para entender o Ribeye, vá até um quiosque de fast-food do Montana Grill e pergunte a diferença entre o Ribeye e a picanha. Depois da explicação, diga que na verdade vai esperar o Addon e mande um abraço para o sogrão.

Small blind – comediante Geraldo Magela, o "ceguinho" que além de blind é baixinho.

Split – tipo de sobremesa servida com sorvete. Alguns complementam com banana, fazendo a conhecida Banana Split.

Suit – quarto com banheiro.

Takedown – luta marcial usando cartas de baralho.

UTG – Abreviação de "U terceiro giogador" a falar.

Vai bater – carma máximo do estilo Vai Q'bate. Você deve repetir esse carma várias vezes após chamar o Alin, principalmente se o seu adversário, um coitado jogador de Texas Hold'em, mostrar um AA ou KK, isto é, um Pardais ou uma foto do antigo jogador do São Paulo, e você tiver um K7 (não é aquela fita cassete de antigamente com músicas do Ovelha ou do Benito de Paula, nem qualquer outra pornografia que você imaginou agora). Se você repetir com fervor e vontade, pode esperar que vai bater A-3-4-5-6, lhe dando a esmagadora e justa vitória.


Comentem e compartilhem aí com a galera do poker!

Grande abraço,

Marcelo (SorrisoRS).




Gostou do artigo? Deixe seu comentário e compartilhe com seus amigos.